«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

foi tão breve o momento




















foi tão breve o momento
em que gritei o vazio
no reencontro com a vida
tão irreal este delírio
devaneio dos sentidos
neste ritmo certo:

a fragilidade do ser
estilhaçado ao vento

a existência sorriu
na sombra colorida!

1 comentário:

Vera disse...

Há momentos assim... E foi um bom momento de poesia!

Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...