«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

não posso deixar de te sentir























não posso deixar de te sentir

os teus olhos nos meus
este seguir dos nossos antepassados
roja-me o corpo a um remendo
de uma madrugada com excesso de ti
que já foi vivida no tempo

e não se apaga o momento
a estranha sensação de te ter
sem te chamar só recordar-te
num sonho adormecido por ai

e faltou-me tanto as palavras
ficou apenas este corpo mudo
a sentir o interdito
a beber o sulco das tuas formas
num suspenso silêncio
onde me deliciei desde o começo

não posso deixar de te sentir

2 comentários:

Isa disse...

Lindo e envolvente
gostei muito!

beijinho.
Isa

Antonio Luiz Gomes disse...

Muito boa sua poesia.Gostei mesmo ! Vou ler mais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...