«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

VAZIO MALDITO





















Tocam-me almas de outros corpos
tentando viver dentro de mim
Sinto que são filhas de Vénus
criminosas de beleza bandida
Penetram meu corpo
tiram-me o afago
sugam-me todos os meus líquidos
confundem-me os sentidos
desinquietam o meu sono
apoderam-se de meus sonhos
estrafegam a cama de forma inquieta
possuem meu sexo, violam tudo
E por serem deusas, deixo-as ficar
e por ali andam nuas todas alçadas
fazendo do meu corpo leviandade
abusando do pecado
Até que me entregue ao cansaço
por onde elas desaparecem
sem deixar rasto ou recado
apenas uma cama e um vazio maldito.

1 comentário:

anacoelho disse...

Por muitas voltas que se dê a alma sem amor sente sempre o vazio, mais um de teus belos poemas os quais muito gosto.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...