«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

escreve hoje por mim

hoje não consigo escrever
e talvez nunca tenha escrito
o que o verdadeiro poeta sabe fazer

as palavras já escritas
podem ter nascido de um corpo aflito
de fortes dores líricas
de não sentir o toque de ninguém

as palavras já escritas
podem ter nascido de uma alma silenciosa
que caiu do céu da solidão
por entre um e outro sonho em vão

hoje empresto-te a caneta
para eu ter esta certeza
que não é mais uma falsa faceta
estas palavras de amarga tristeza

por isso peço-te tanto e tanto
escreve a minha eterna saudade
das lágrimas por amor choradas
das estrelas vermelhas da noite
feitas da cama das paixões passadas

pega na caneta por mim
pois eu sou tão imperfeito
a escrever o meu sentimento
e não o consigo fazer sem ti

é este imenso tormento
que me impede o momento
de saber escrever o que sinto

já te dei a caneta...

- por favor 
...escreve hoje por mim

3 comentários:

varenka disse...

Palavras sentidas de um poeta....daqui sou tua fã!Varenka

Por Amor disse...

Meu querido..verdade quem escreve é essa tua alma bacana ...este lindo coração viu tive alguns problemas mas vou musicar um dos teus poemas com muita honra Um grande abraço Pedro Pugliese

Jorge Oliveira disse...

obrigado Verenka
Pedro Obrigado pelo comentário. desejo as sua recuperação e melhoras o mais breve possivel...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...