«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

domingo, 16 de dezembro de 2012

ansiar um homem ser cão



de dia ou de noite na rua onde passas
caminhas elegantemente calada
a deixar um rasto de cio
e eu sigo o meu faro apesar do frio
tento marcar o meu território
deixando pedaços do meu cheiro
espalhados por ai nas paredes e chão
feito um cão a tentar chamar tua atenção

mas nesse teu silêncio eu não sou nada
o som dos teus saltos altos na calçada
coloca os meus ouvidos em ação
e os sentidos sentem o instinto da tentação

mas tu continuas elegantemente calada
e para ti eu sou figura totalmente desprezada
jamais poderei ser teu amante e tu minha amada
neste momento recordo uma ideia já passada
do homem ser animal por transformação
é que se fosses uma cadela e eu um cão
entre latidos e cheiros tinha de ti alguma atenção
e seria mais fácil de poder saciar esta tesão

há mulheres com tal dom de provocação
que até fazem ansiar um homem ser cão

3 comentários:

Por Amor disse...

Tenha a certeza jorge que bem assim é porem se também silenciamos elas voltam correndo a falar como matracas rsrs um abraço Pedro Pugliese

varenka disse...

É verdade...o homem é um cão mesmo em certos momentos.Gostei da poesia!Bjs

varenka disse...

O cio é o causador desta história.Adorei ler!Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...