«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

não chora somente sente



chove lá fora
eu não tenho onde abrigar
o meu coração
e a chuva cai dentro dele

a água escorre
pelas minhas veias
lavando minhas alegrias
das lágrimas não choradas
nos olhos de um ser
de volta à inocência
da criança mal amada
num qualquer amanhecer

este ser de alma molhada

não chora somente sente

1 comentário:

varenka disse...

Comovente teu poema,pois,me idêntico com essa criança.Muitos beijos de Varenka

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...