«que sentir é este sentir dos meus sentidos a sentir?»

«os sentidos são a engenharia da arte e o sentimento o projeto»

quarta-feira, 2 de abril de 2008

TU AI !


























Aqui estou neste lugar
Ouvindo o meu grito
De silêncio falar,
Fico calado a dizer tudo.
Quem já não se sentiu assim?
Tu, ai!... Então, vem até mim.
Quero sentir-te corpo invisível
Tocar meus lábios nos teus,
Que importa quem és!..
Se és o tudo e o nada.
Quem já não se sentiu assim?
Tu, ai!... Então fala-me de ti.
Quero sentir o teu respirar
Calmo e cansado
Apenas quero senti-lo
Assim junto a mim.
É difícil ter-te, não te tendo.
Desejar-te, sem te querer
E querendo-te sem saber,
Neste silêncio sem fim.
Que importa quem és!...
Quem já não se sentiu assim?
Eu aqui, não consegui... e tu ai?

© Jorge Oliveira

Publicado no R. Letras em 03/04/2008

Código do texto: T928810

2 comentários:

Inês disse...

Obrigada pela atenção...

Sinto-me COMPLETAMENTE sem palavras...Obrigada por esse grito!

Peço desculpa pelo meu...é silencioso mas rompe-me a alma.

IC (a que ficou em silencio pelo barulho escutado)

Jorge Oliveira disse...

Já há muito se diz que o silêncio vale mas que 1000 palavras...
Obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...